sábado, 23 de abril de 2011

Não troquem a Cruz pelo Chocolate.

fortalecido com Jesus

"Não amem o mundo nem o que nele há. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele. Pois tudo o que há no mundo — a cobiça da carne, a cobiça dos olhos e a ostentação dos bens — não provêm do Pai, mas do mundo”. 1 João 2:15-16

Por causa da sua oposição, o mundo se entrega àquilo que é contrário à vontade de Deus. Ganância, ambição, egoísmo, sensualidade, engano, mentiras e maldade. Este é um mundo que está corrupto e poluído. Ouvimos muito hoje sobre poluição do ar, da água, mas ninguém parece se preocupar com a poluição das mentes e com o espírito do homem que está obscurecido por todas essas coisas. Basta observarmos a forma como são aproveitados os chamados feriados santos ou de cunho religioso. Não vemos um verdadeiro entendimento em relação ao significado que tem, não, a própria data mais o acontecimento que está relacionado a ela.

Amanhã os Cristões de todo mundo estarão comemorando a Ressureição de Jesus Cristo certo? Talvez nem todos. Muitos têm nestas datas motivações que ao invés de levarem a uma verdadeira adoração de agradecimento a Deus pelo real sentido da morte de seu Filho, estão como afirma o versículo acima, rejeitando o Amor de Deus. E os motivos são muito fácil de ser percebido pelo interesse que são demonstrados a vários dias que antecedem os chamados feriados ou feriadões, vê-se as pessoas fazendo planos de como e em qual local irão estar para: Beber mais, Comer mais, Fornicar mais ou como diz a maioria desses “cristãos” de ocasião: Curtir o feriado!

Claro que quando falo desses cristãos de ocasião, não poderia incluir no mesmo rol dos erros acima os que tentam pelo menos manter uma relação de busca a Deus. Contudo, eles também não escapam da segunda lista de engano que se não os iguala na pratica, no mínimo os fazem responsáveis por quem as praticam pois muitos são filhos e filhas de Cristões: Está grave omissão que levam a grandes e indesejáveis consequências fazendo a vezes chorarem lagrimas de sangue é: A falta de leitura da Bíblia,  nossa base de orientação da verdadeira vida Cristã. Procure apresentar-se a Deus aprovado, como obreiro que não tem do que se envergonhar, que maneja corretamente a palavra da verdade. II Timóteo 2:15. Se tivessem o interessem de conhecer a palavra de Deus e não só ouvi falar. Poderiam  mesmo que não, o controle total da vida dos seus filhos, certamente as chances de se afastarem tanto de Deus a ponto de perder o seu Amor seriam menores: "Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele." Provérbios 22 : 6

De que adianta vocês País que estão em Igrejas físicas onde é ensinado a realizarem homenagens, sacrifícios, rituais memorias para mostrar que são Cristão, mais não lhes ensinam a transmitirem aos seus filhos o verdadeiro sentido da palavra Cristão = E, quando o encontrou, levou-o para Antioquia. Assim, durante um ano inteiro Barnabé e Saulo se reuniram com a igreja e ensinaram a muitos. Em Antioquia, os discípulos foram pela primeira vez chamados cristãos.” Atos 11:26. – Observem que referência interessante e esclarecedora podem se encontrar nesta passagem: “Assim, durante um ano inteiro Barnabé e Saulo se reuniram com a igreja e ensinaram a muitos.” Barnabé e Saulo estavam reunidos com a Igreja que significa: Grupo de seguidores de Cristo que se reúnem em determinado lugar para adorar a Deus, recebendo ensinamentos para evangelizar e ajudar uns aos outros. Ou seja, como Jesus já havia afirmado: Acaso não sabem que o corpo de vocês é santuário do Espírito Santo que habita em vocês, que lhes foi dado por Deus, e que vocês não são de si mesmos? I Coríntios 6:19. Nós somos a verdadeira Igreja de Cristo e por consequência quem é Cristão é um Seguidor de Cristo (At 11.26) no coração e na mente. "Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo." II Coríntios 5 : 17.

E como tal não podemos ser participantes de nada, mesmo que supostamente correta na sua intenção, porém erradas na sua pratica. - Como cooperadores de Deus, insistimos com vocês para não receberem em vão a graça de Deus.

Pois ele diz: "Eu o ouvi no tempo favorável e o socorri no dia da salvação". Digo-lhes que agora é o tempo favorável, agora é o dia da salvação!

Não damos motivo de escândalo a ninguém, em circunstância alguma, para que o nosso ministério não caia em descrédito.

Pelo contrário, como servos de Deus, recomendamos-nos de todas as formas: em muita perseverança; em sofrimentos, privações e tristezas; em açoites, prisões e tumultos; em trabalhos árduos, noites sem dormir e jejuns; em pureza, conhecimento, paciência e bondade; no Espírito Santo e no amor sincero; na palavra da verdade e no poder de Deus; com as armas da justiça, quer de ataque, quer de defesa; por honra e por desonra; por difamação e por boa fama; tidos por enganadores, sendo verdadeiros; como desconhecidos, apesar de bem conhecidos; como morrendo, mas eis que vivemos; espancados, mas não mortos; entristecidos, mas sempre alegres; pobres, mas enriquecendo a muitos; nada tendo, mas possuindo tudo.

Falamos abertamente a vocês, coríntios, e lhes abrimos todo o nosso coração!

Não lhes estamos limitando nosso afeto, mas vocês nos estão limitando o afeto que têm por nós.

Numa justa compensação, falo como a meus filhos, abram também o coração para nós!

Não se ponham em jugo desigual com descrentes. Pois o que têm em comum a justiça e a maldade? Ou que comunhão pode ter a luz com as trevas?

Que harmonia entre Cristo e Belial? Que há de comum entre o crente e o descrente?

Que acordo há entre o templo de Deus e os ídolos? Pois somos santuário do Deus vivo. Como disse Deus: "Habitarei com eles e entre eles andarei; serei o seu Deus, e eles serão o meu povo".

Portanto, "saiam do meio deles e separem-se", diz o Senhor. "Não toquem em coisas impuras, e eu os receberei e lhes serei Pai, e vocês serão meus filhos e minhas filhas", diz o Senhor Todo-poderoso. II Coríntios 6:1-18.

É pouco provável que você possa evitar a presença do descrente no seu dia mais é claro que pode evitar o seu jugo; que  nada mais é, que participar das mesmas coisas que ele faz. Jesus sabia e sabe que não somos perfeitos e nem santos, por isso ele afirmou que não seria nada demais, nenhum sacrifício para nós homens imperfeitos seguir as suas orientações. "Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve." Mateus 11: 30.

O mínimo que o verdadeiro Cristão pode fazer para realmente agradecer a Jesus pela sua morte e consequente ressureição é crê que nossa vida não se ressume ao comer, beber, vestir e ter coisas neste mundo. Se crermos Nele e na sua Ressureição, cremos que o melhor para nós está na vida eterna. "E Jesus lhe respondeu, dizendo: Está escrito que nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra de Deus." Lucas 4:4

"Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá;" João 11 : 25.

Este é o verdadeiro sentido da Páscoa do Senhor. Que o Cristão não pode temer a morte. Pois o nosso redentor vive.

"A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo." Romanos 10:9.

Jesus não veio para condenar o mundo.

Eu vim ao mundo como luz, para que todo aquele que crê em mim não permaneça nas trevas.

"Se alguém ouve as minhas palavras, e não as guarda, eu não o julgo." Pois não vim para julgar o mundo, mas para salvá-lo.

Há um juiz para quem me rejeita e não aceita as minhas palavras; a própria palavra que proferi o condenará no último dia.

Pois não falei por mim mesmo, mas o Pai que me enviou me ordenou o que dizer e o que falar.

Sei que o seu mandamento é a vida eterna. “Portanto, o que eu digo é exatamente o que o Pai me mandou dizer”. João 12:46-50.

Que a Páscoa do Senhor possa tocar no seu coração com o seu Espirito Santo e abra os seus olhos para os enganos que estão no mundo.

Amém.

AA Vivo por Jesus -

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Não torne Jesus a Cruz.

 

ele ressucitou

Pois Cristo não me enviou para batizar, mas para pregar o evangelho, não com palavras de sabedoria humana, para que a cruz de Cristo não seja esvaziada. Cristo, Sabedoria e Poder de Deus I Coríntios 1:17.

Fico pensando como pode alguém que se diz Teólogo ou estudioso das Escrituras e da história do Cristianismo e principalmente os religiosos da ICAR (Igreja Católica e Apostólica Romana) concordar com tanto erros cometidos em nome dessa Instituição indo frontalmente contra os verdadeiros ensinos bíblicos? Não podem dizer que é por desconhecimento uma vez que os mesmo de todos os modos legais ou nem tanto, se apoderaram do máximo das informações originais dos Pergaminhos do Mar Morto e todas as outras fontes históricas sobre a passagem de Jesus na Terra. Então só posso entender como deliberada ambição humana dos mentores desta instituição de sustentar a ideia de que são os únicos e verdadeiros representantes de Deus na Terra.

A pergunta é: de onde tiraram tantas coisas que não são relevantes por serem meras manifestações materiais de uma adoração fundamentada em interesses que não vão de acordo com o verdadeiro desejo de Jesus manifesto pelo Apostolo Paulo no versículo acima?

Não estou contradizendo principalmente a ICAR pelo simples motivo de ser Crente no Cristo Jesus e ou ainda por ser Cristão Protestante condição esta que não me proponho, por achar que não adiantaria protestar contra algo que não foi ordenado pelo Senhor: “ Pois a nossa luta não é contra pessoas, mas contra os poderes e autoridades, contra os dominadores deste mundo de trevas, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais.” Efésios 6:12.

O que me leva a ficar escandalizado são as contradições entre as aparentes manifestações pontuais de adoração a Jesus em passagens convenientemente escolhidas e as constantes pregações da adoração aos santos ou santas que já são e dos que surgem a cada momento propicio. Substituído à adoração do único que deve ser adorado e do qual deveriam estar ensinado ao povo. Mesmo que contrariando o próprio Espirito Santo de Deus. "Ou cuidais vós que em vão diz a Escritura: O Espírito que em nós habita tem ciúmes?" Tiago 4 : 5.

Não há como entender que os lideres desta instituição permita que seus membros a maioria por pura ignorância bíblica já que os que possuem uma Bíblia em casa as usam para enfeitar prateleiras ou como amuleto de boa sorte deixando-a aberta ou nos Salmos 91 ou 23. Não tendo interesse em lê e aprender do próprio Deus qual a sua verdadeira vontade. De que adianta imolações, penitencias promessas e sacrifícios sem conhecerem o Deus que pensam estarem agradando, pois não podemos chamar de adoração vê pessoas apalpando uma imagem de gesso em prantos ou que outros permitam serem crucificados com que intenção? Parecerem com Cristo? Mostrar Amor a Ele? Nada disso tem valor nenhum para Deus e muito menos para Jesus. "E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus." Romanos 12:2.

Quando os ouço as pessoas que cometem todo tipo de desatinos religioso, falando em Renovação da Fé eu me pergunto? Fé em que? A verdadeira Fé. É a que Jesus disse só ter um caminho para se alcançar: "De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus." Romanos 10 : 17. De quem são as palavras que muitos têm ouvido para cometerem tamanhas aberrações contra a verdadeira palavra de Deus? "Se vocês permanecerem firmes na minha palavra, verdadeiramente serão meus discípulos. E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará". João 8:31b e32.

Peçam que lhes mostrem onde estão estas coisas que são feitas como se para agradar a Deus fosse e eles ainda assim te mostrarão passagens na bíblia que a qualquer um que tenha a preguiça espiritual que assola a muitos, serão facilmente levados a acreditar. Mais elas não resistirão à confrontação de Jesus. "Porque nós não somos, como muitos, falsificadores da palavra de Deus, antes falamos de Cristo com sinceridade, como de Deus na presença de Deus." II Coríntios 2 : 17.

Eles que se julgam lideres tem como obrigação mostrar-lhes qual a origem das suas orientações. "E sede cumpridores da palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos com falsos discursos." Tiago 1 : 22.

Poderia ficar a noite toda lhes mostrando versículo após versículo as contradições e adaptações que são feitas em relação à palavra e a vontade de Deus mais não quero contender e sim esclarecer.

Jesus estava na Sinagoga dos Judeus e os Fariseus (os entendidos nas coisas de Deus) para pega-lo em contradição lançaram uma pergunta capciosa: Saindo daquele lugar, dirigiu-se à sinagoga deles, e estava ali um homem com uma das mãos atrofiada. Procurando um motivo para acusar Jesus, eles lhe perguntaram: "É permitido curar no sábado?” Mateus 12:9 e10.

Da mesma forma que ainda agem os que se dizem serem representantes exclusivos de Deus nos dias atuais fazendo com que as palavras que estão na bíblia pareçam justifica-los. Jesus não se intimidou: Ele lhes respondeu: "Qual de vocês, se tiver uma ovelha e ela cair num buraco no sábado, não irá pega-la e tira-la de lá? Quanto mais vale um homem do que uma ovelha! Portanto, é permitido fazer o bem no sábado".

Então ele disse ao homem: "Estenda a mão". Ele a estendeu, e ela foi restaurada, e ficou boa como a outra. Mateus 12:11-13.

Mesmo sendo Jesus o Filho de Deus que estava lhe ensinado veja como eles reagiram: Então os fariseus saíram e começaram a conspirar sobre como poderiam matar Jesus. Mateus 12:14.

Ainda hoje não entenderam que para adorar a Jesus temos que somente fazer a sua vontade sem que seja necessários nenhuma obra humana ou sacrifício. ."E que ama-lo de todo o coração, e de todo o entendimento, e de toda a alma, e de todas as forças, e amar o próximo como a si mesmo, é mais do que todos os holocaustos e sacrifícios." Marcos 12 : 33.

Pois as suas ofertas, festas, procissões penitencias, sacrifícios, reconstituições e como ouvir numa rádio que em varias cidades do Brasil estão sendo realizados “Espetáculos da Páscoa”. E até que haveria uma onde Jesus seria “Queimando com pneus, simulando a “forno de micro-ondas” utilizados pelos traficantes” ???.  Para que servirão? E a vida na eternidade quem os dará? O Papa?O Padre ou até pensas que será um Pastor? Não meus caros (as) Só Jesus Salva.

"Nesses sacrifícios, porém, cada ano se faz comemoração dos pecados," Hebreus 10:3

Jesus foi para os que realmente creem em seu nome e confessa que Ele morreu e ressuscitou é o nosso sumo sacerdote e ultimo sacrifício de sangue pelos pecados daqueles que o confessa.

"Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito." Romanos 8 : 1

"Porque isto é o meu sangue, o sangue do novo testamento, que é derramado por muitos, para remissão dos pecados." Mateus 26:28.

Jesus deseja que sua morte seja lembrada sim! Mais não para demonstrações publicas de grande devoção teatral Ele nos pediu que assim fizesse: Pois recebi do Senhor o que também lhes entreguei: que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou o pão e, tendo dado graças, partiu-o e disse: "Isto é o meu corpo, que é dado em favor de vocês; façam isto em memória de mim".

Da mesma forma, depois da ceia ele tomou o cálice e disse: "Este cálice é a nova aliança no meu sangue; façam isto, sempre que o beberem, em memória de mim".

Porque, sempre que comerem deste pão e beberem deste cálice, vocês anunciam a morte do Senhor até que ele venha.

Portanto, todo aquele que comer o pão ou beber o cálice do Senhor indignamente será culpado de pecar contra o corpo e o sangue do Senhor.

Examine-se o homem a si mesmo, e então coma do pão e beba do cálice.

Pois quem come e bebe sem discernir o corpo do Senhor, come e bebe para sua própria condenação. I Coríntios 11:23-29.

Para nós que uma vez por mês participamos da Santa Ceia Jesus é mais que uma lembrança! E a nossa força diária.

Se mesmo assim você que estiver fazendo isso porque acha que te fará se sentir bem ou bom? Como queira! Aprenda uma coisa. Nem Jesus achou-se Bom e olha que Ele guardava os mandamentos.

"E ele disse-lhe: Por que me chamas bom? Não há bom senão um só, que é Deus. Se queres, porém, entrar na vida, guarda os mandamentos." Mateus 19:17

Quer agradar Deus? Não erre mais. "E Jesus, respondendo, disse-lhes: Porventura não errais vós em razão de não saberdes as Escrituras nem o poder de Deus?" Marcos 12:24

Querem deixar de serem meninos que ainda bebem todo tipo de leite? Peça a Deus que vos ensine; "Então lhes abriu o entendimento para compreenderem as Escrituras." Lucas 24:45.

Somente que conhece as escritura pode questionar aquilo que parece ser o que não é: "Ora, estes foram mais nobres do que os que estavam em Tessalônica, porque de bom grado receberam a palavra, examinando cada dia nas Escrituras se estas coisas eram assim." Atos 17:11.

Deus é justo para não levar em conta tudo que tenham feito pelo fato de ainda não conhecerem a verdade da Palavra e o verdadeiro sentido da morte de Jesus. "Mas Deus, não tendo em conta os tempos da ignorância, anuncia agora a todos os homens, e em todo o lugar, que se arrependam;" Atos 17:30.

Como sempre digo: A Escolha é sua.

Jesus vive e voltará.

Amém e Gloria a Deus.

AA Vivo por Jesus -

quinta-feira, 21 de abril de 2011

A Verdadeira Páscoa.

 

Hoje vou aproveitar um texto que encontrei nas minhas pesquisas sobre tudo que seja verdade em relação a Palavra de Deus, apesar do autor não ter se identificado Deus sabe o por que. Posso dizer que o mesmo foi escrito por uma pessoa que realmente tem apreço a verdadeira palavra.

Quero também convidar todos que costumam acompanhar este blog, para que busque examinar com o coração e a mente despida de toda esta roupagem comercial na qual foi transformada a Pascoa do Senhor.

Mas que examinem a Luz da Palavra de Deus, pois lá não encontrarão Coelhos, Chocolate, Peixe, Bacalhau, Feriadão como ordenança de Jesus para recordamos o seu sacrifício na Cruz que é o verdadeiro sentido da Páscoa – O último Cordeiro.

"Alimpai-vos, pois, do fermento velho, para que sejais uma nova massa, assim como estais sem fermento. Porque Cristo, nossa páscoa, foi sacrificado por nós." I Coríntios 5:7

Só existe uma Páscoa para os que vivem o Evangelho de Jesus qualquer outra não os livrará da passagem do destruidor. Diversas passagens ensinam e orientam o que vem a ser a Pascoa por isso rejeito esta Páscoa de Mentira.

"Pela fé celebrou a páscoa e a aspersão do sangue, para que o destruidor dos primogênitos lhes não tocasse." Hebreus 11:28 -

"Chamou, pois Moisés a todos os anciãos de Israel, e disse-lhes: Escolhei e tomai vós cordeiros para vossas famílias, e sacrificai a páscoa." Êxodo 12:21.

"Então direis: Este é o sacrifício da páscoa ao SENHOR, que passou as casas dos filhos de Israel no Egito, quando feriu aos egípcios, e livrou as nossas casas. Então o povo inclinou-se, e adorou." (Êxodo 12:27)

"O rei deu ordem a todo o povo, dizendo: Celebrai a páscoa ao SENHOR vosso Deus, como está escrito no livro da aliança." II Reis 23:21. E o Rei Josias restabeleceu ao povo de Deus o verdadeiro sentido da Pascoa.

A PÁSCOA
"Sabendo que não foi mediante coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados do vosso fútil procedimento que vossos pais vos legaram, mas pelo precioso sangue, como de cordeiro sem defeito[e sem mácula, o sangue de Cristo, conhecido, com efeito, antes da fundação do mundo, porém manifestado no fim dos tempos, por amor de vós "
I Pedro 1:18 ao 20

O comércio voraz, faminto de dinheiro, trocou o cordeiro pelo coelho. Aliás, um coelho muito versátil, quase milagroso, que põe ovos de chocolate de todos os tamanhos e para todos os gostos. Para o consumismo insaciável, a essência da páscoa não tem a menor importância. O que importa é vender, vender muito, ainda que na mente das pessoas a verdade seja sacrificada, e o cordeiro fique esquecido. Para uma sociedade materialista, secularizada e consumista cujo deus é o ventre, o importante é empanturrar o estômago de chocolate, ainda que se sacrifique no altar do comércio esfaimado, a essência da verdade.
Preocupante é o fato de fazermos parte desta cultura sem nenhuma reação inconformada. Fazemos como Eli, banqueteando com as gorduras tiradas pecaminosamente do altar, sendo coniventes com os pecados de uma geração que se recusa a dar ouvidos à verdade de Deus. Nossos filhos são levados a assimilar mais o coelho, ou melhor, o chocolate, do que o cordeiro que foi morto por nós. Veem mais o retrato das lojas agressivamente decoradas do que a história eloquente da libertação do povo de Deus. Precisamos investir mais tempo ensinando aos nossos filhos sobre a Páscoa.
Esta é uma história central do Antigo Testamento. Foi naquela noite fatídica que o povo de Deus foi salvo da tragédia da morte dos primogênitos, porque um cordeiro tinha sido sacrificado e o seu sangue havia sido aplicado sobre as vergas das portas. Esta é a história épica da libertação do povo de Deus do cativeiro, com mão forte e poderosa.
A Bíblia fala que Jesus é o nosso cordeiro pascal. O cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo é Jesus. Foi ele quem foi imolado na cruz por nós. Ele sofreu o castigo que nos traz a paz. Deus lançou sobre Ele a iniquidade de todos nós. Ele, como ovelha muda, foi para o matadouro, carregando sobre o seu corpo, no madeiro, os nossos pecados. Ele se fez maldição por nós. Ele se fez pecado por nós. Ele morreu exangue na cruz, adquirindo para nós eterna redenção. Esta é a história da nossa alforria. É a história da nossa libertação do cativeiro. É a história da nossa eterna salvação. Não podemos deixar que ela fosse distorcida e diluída em chocolate. Não podemos permitir que o maior de todos os sacrifícios, vividos na hora mais amarga do Filho de Deus, bebendo sozinho o cálice da ira divina, seja reduzido a um festival de gastronomia.
O coelho é um intruso que nada tem a ver com a festa da páscoa. Esta festa é a festa do cordeiro, do Cordeiro de Deus. Ele sim deve ser o centro, o conteúdo, a atração e a razão de ser desta festividade. Que a nossa família possa estar reunida não em torno do ovo de chocolate, mas em torno de Jesus, o Cordeiro que foi morto, mas vive pelos séculos dos séculos, tendo a certeza que estamos debaixo do abrigo de seu sangue.
Pense nisto: "Cristo, que é a nossa páscoa, já foi sacrificado por nós."
Não estamos proibidos de comer chocolate, mas não devemos ignorar o verdadeiro sentido da páscoa. Temos, sim, uma comemoração relacionada a essa festa: a ceia do Senhor. Esta é a nossa páscoa. Não realizada apenas uma vez por ano, mas todas as vezes que comemos os alimentos sem fermento, o pão e vinho, em memória da morte do Senhor Jesus.
Estamos assim, a família do Senhor, simbolicamente comendo a carne do cordeiro e bebendo o seu sangue. Nesse momento, nos recordamos que éramos escravos no Egito, o mundo, e que Faraó, Satanás, nos mantinha sob o seu domínio. Mas, naquela tarde de páscoa, o Cordeiro de Deus, o primogênito de Deus, morreu em meu lugar, no seu lugar.
Regozijemos-nos e alegremos na certeza que o anjo da morte não nos alcançará, pois :
"Nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus" Romanos 8:1.

Publicado em 4/16/2003

Desconhecido
Formatado por Magali Coutinho – Extraído dos arquivos do Site http://www.jesussite.com.br

Que Jesus o autor e consumador de todas as coisas possam perdoar aqueles que afrontam as suas sagradas ordenanças.

Amém.

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Basta amar o próximo como a si mesmo.

ia_1joao4_21

Sabendo que o homem não é justificado pelas obras da lei, mas pela fé em Jesus Cristo, temos também crido em Jesus Cristo, para sermos justificados pela fé em Cristo, e não pelas obras da lei; porquanto pelas obras da lei nenhuma carne será justificada. Gálatas 2:16

É comum em determinadas datas criadas para supostamente adorarem a Deus vermos pessoas sendo entrevistadas nos jornais televisivos antes, durante ou após praticarem algum ato de sacrifício pessoal com o proposito de estarem agradecendo e o mais estranho: pagando a Deus por uma benção alcançada. O que infelizmente estas pessoas não sabem, pela falta do conhecimento bíblico é que nada disso agrada a Deus. Com todo respeito a crença de quem assim age, mais é completamente anti cristão estas praticas, são patéticas tentativas de auto sacrifício como se fosse este o modelo deixado para ser seguido por Jesus: "Ide, porém, e aprendei o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifício. Porque eu não vim a chamar os justos, mas os pecadores, ao arrependimento." Mateus 9 : 13.

A chamada penitencia ou pagamentos de promessas a Santos ou a Deus não foram estabelecidas na Bíblia. E contra fatos perdem-se os argumentos, pois estar claro no versículo acima a vontade explicita do próprio Jesus. Agora durante a Pascoa que seria o momento para que todos que se autodenominam Cristões pudesse realmente parar para refletir a relação dos acontecimentos que assolam a humanidade com tudo que está escrito na Bíblia e principalmente no Novo Testamento. "E a Jesus, o Mediador de uma nova aliança, e ao sangue da aspersão, que fala melhor do que o de Abel." Hebreus 12:24.

Jesus pela sua morte na Cruz do Calvário foi o ultimo sacrifício de sangue derramado para resgate dos pecados dos homens. Querer mesmo que imbuído na melhor das intenções promover qualquer forma de sacrifício seja pessoal ou por ofertas e oferendas é o mesmo que invalidar o sacrifício de Jesus.

Irmãos, o desejo do meu coração e a minha oração a Deus pelos israelitas é que eles sejam salvos.

Pois posso testemunhar que eles têm zelo por Deus, mas o seu zelo não se baseia no conhecimento.

Porquanto, ignorando a justiça que vem de Deus e procurando estabelecer a sua própria, não se submeteram à justiça de Deus.

Porque o fim da lei é Cristo, para a justificação de todo o que crê.

Moisés descreve desta forma a justiça que vem da lei: "O homem que fizer estas coisas viverá por meio delas".

Mas a justiça que vem da fé diz: "Não diga em seu coração: ‘Quem subirá ao céu? ’ ( isto é, para fazer Cristo descer ) ou ‘Quem descerá ao abismo? ’ " ( isto é, para fazer subir Cristo dentre os mortos ).

Mas o que ela diz? "A palavra está perto de você; está em sua boca e em seu coração", isto é, a palavra da fé que estamos proclamando:

Se você confessar com a sua boca que Jesus é Senhor e crer em seu coração que Deus o ressuscitou dentre os mortos, será salvo.

Pois com o coração se crê para justiça, e com a boca se confessa para salvação. Romanos 10:1-10.

Tudo que o homem deve e pode fazer para alcançar uma graça de Deus é tão somente confessar que Jesus é seu Senhor e não duvidar a ponto de querer “ajuda-lo” a cura-lo ou qual seja a benção desejada como se algo que faça mesmo através de seu próprio corpo pudesse comparar-se a obediência que Jesus demonstrou pelo mandamento do Pai: "E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz." Filipenses 2 : 8.

Meus amados (as), é pura hipocrisia religiosa um homem ou uma mulher achar que pode oferecer algum sacrifício a Deus. Principalmente nesta sociedade que vivemos onde para tudo há um jeitinho e a ultima escolha é buscar de todo coração pela verdadeira Salvação que é Jesus. Ultima! Por que requer exatamente o que para está sociedade seria um supremo sacrifício. Abdicar das ambições do ter para ser uma pessoa obediente aos mandamentos de Deus.

Mandamentos estes que são a verdadeira razão pela qual nos diferenciamos das outras criaturas criadas por Deus: os animais! Quando Jesus respondendo aos Fariseus e Escribas que o interrogava em relação a Lei de Moises e os seus 10 mandamentos e os resumiu a apenas dois:

Mestre, qual é o maior mandamento da Lei? "

Respondeu Jesus: " Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento’.

Este é o primeiro e maior mandamento.

E o segundo é semelhante a ele: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo’.

“Destes dois mandamentos dependem toda a Lei e os Profetas”. Mateus 22:36-40.

Pois quem é capaz de Amar o seu próximo como a si mesmo: Não roubarás; Não matarás; Não adulterarás, Não cobiçarás a mulher e nem as coisas do próximo; Não mentirás, Não fornicarás.

Eu pergunto a vocês e vocês perguntem a si mesmos. Hoje vocês não cometeram nenhum destes pecados? Para ajuda-los: Nesta semana? Quem sabe: Nestes 20 dias de abril ou ainda; nestes 04 meses do ano?

É hipocrisia ou não? Uma pessoa escolher um determinado dia ou uma motivação interesseira para “oferecer” um sacrifício a Deus tendo nos dias que antecederam e os que sucederão continuarem a cometer todas as outras coisas que Deus abomina e não serem nem capaz de Amar o seu próximo.

Jesus viveu com os homens e os homens em nada para melhor mudaram: "Mas há alguns de vós que não creem. Porque bem sabia Jesus, desde o princípio, quem eram os que não criam, e quem era o que o havia de entregar." João 6 : 64.

Ao longo dos meus quase 06 anos que venho tentando viver de acordo com os padrões de Jesus o que percebo, é que sem Ele realmente é impossível qualquer pessoa viver uma vida que lhe permita ao menos ter a graça, a misericórdia de Deus para fazer algo que verdadeiramente possa ser considerado digno de um Filho de Deus. Quanto mais para uma pessoa que não busca conhece-lo e ser guiado por Ele? Como achas que poderá resistir as tentações que estão por todas as partes? Inclusive eu e qualquer outro seguidor de Jesus, se não tivermos o Temor a Deus (Temor é um termo utilizado nas Escrituras para caracteriza o Respeito a Deus) estaremos em grande perigo de cairmos também nas astutas ciladas de satanás. "Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar;" Pedro 5 : 8.

Em outra passagem Jesus recomenda: "Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca." Mateus 26 : 41. Sinceramente! Será em um bar, numa balada após várias doses de bebidas, isso para falar das drogas licitas ditas pelos homens. Se Jesus por lá passasse encontraria  alguém que estivesse Vigiando? Quanto mais Orando. Mas as suas maldades separaram vocês do seu Deus; os seus pecados esconderam de vocês o rosto dele, e por isso ele não os ouvirá. Isaias 59:2.

Hoje mais uma vez tentei mostrar a uma pessoa que não vigia e nem ora, por que nem todos são Filhos de Deus. Apesar de quererem assim se intitularem.

Quando falo isso não estou querendo dizer que sou especial ou que Deus escolhe por predicados ou  por sorteio os que serão seus Filhos ou não. Parte do versículo acima já bastaria para explicar a condição que torna uma pessoa: Filho (a) ou Criatura de Deus. “Mas as suas maldades separaram vocês do seu Deus” . Porém Jesus provou que Deus não faz acepção de pessoas. "Nisto está o amor, não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou a nós, e enviou seu Filho para propiciação pelos nossos pecados." I João 4:10. Tentei humanamente explicar-lhe que infelizmente não se trata de uma escolha de Deus e sim da própria pessoa, para que ela possa ser chamada de filho.

Seria grosso modo comparamos a situação de um casal, que vai até um Orfanato na intenção de adotar uma criança. Tendo encontrado a criança que desejariam ter como filho. Eles primeiro terão que passar por uma serie de condições exigidas pelas autoridades legais, afim de que sejam considerados como responsáveis pela criança a partir de determinado momento: Só então eles seriam chamados de Pais e a Criança de Filho. Não bastava apenas eles quererem de todo coração transferir seus sentimentos de amor por uma criança que ainda não havia sido entregues a eles para considera-lo como Filho.

Há também outra situação do cotidiano que serviria para mostrar que a realidade da questão não depende somente de Deus.

Recentemente houve um caso de um casal que a mulher supostamente teria 02 filhos do sexo masculino e que após o parto lhes foram entregue uma do sexo masculino e outra do feminino. Foi gerada uma tremenda confusão, pois os pais diziam terem feito acompanhamento com ultrassom e que mostravam 02 Meninos.

O impasse para resumir só foi solucionado após teste de DNA constatar que as crianças eram realmente filho e filha do casal.

Dá mesma forma se dá em relação as pessoas que não vivem uma vida de acordo com os mandamentos de Deus e os ensinamentos de Jesus e ainda assim querem serem reconhecidos como filhos. E o seu DNA? É realmente o de Deus?

Jesus quando confrontou os Judeus que também se “achavam” afirmou o seguinte:

Mas vocês estão procurando matar-me, sendo que eu lhes falei a verdade que ouvi de Deus; Abraão não agiu assim.

“Vocês estão fazendo as obras do pai de vocês”. Protestaram eles: "Nós não somos filhos ilegítimos. O único Pai que temos é Deus".

Disse-lhes Jesus: “Se Deus fosse o Pai de vocês, vocês me amariam, pois eu vim de Deus e agora estou aqui”. Eu não vim por mim mesmo, mas ele me enviou.

Por que a minha linguagem não é clara para vocês? Porque são incapazes de ouvir o que eu digo.

“Vocês pertencem ao pai de vocês, o diabo, e querem realizar o desejo dele”. Ele foi homicida desde o princípio e não se apegou à verdade, pois não há verdade nele. Quando mente, fala a sua própria língua, pois é mentiroso e pai da mentira.

No entanto, vocês não creem em mim, porque lhes digo a verdade!

Qual de vocês podem me acusar de algum pecado? Se estou falando a verdade, porque vocês não creem em mim?

Aquele que pertence a Deus ouve o que Deus diz. “Vocês não ouvem porque não pertencem a Deus”. João 8:40-47.

Duro? Não deveria né meus queridos (as)? Ainda mais nos dias de hoje onde todos tem a oportunidade de ler a Bíblia e conhecer o caráter do Deus que quer ser Pai de todos e que entregou o seu único e verdadeiro Filho para morrer por nós para que uma vez aceitado o seu Filho Amado Jesus como nosso Senhor pudéssemos sim! Agora sermos chamados Filhos de Deus por adoção: "E nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito de sua vontade," Efésios 1 : 5.

Sempre digo que seguir a Jesus é e sempre será uma questão de escolha. A sua escolha.

Você é quem irá decidir se quer ser chamado de Filho de Deus. E não culpar a Deus ou a mim por não entender isso.

Amém.

AA Vivo por Jesus -

terça-feira, 19 de abril de 2011

"Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei." Mateus 11 : 28

 

Jesus Escolheu Você

Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai ele vo-lo conceda. João 15:16

Uma das maravilhas que vivenciamos quando passamos a andar em direção a Jesus é quando sentimos que realmente Ele é quem nos escolheu para estarmos sobre sua proteção. Pois não a como e nem por nada que possamos imaginar que mereçamos tal privilégio.

Nenhum ser humano em época alguma pode vangloriar-se de ter alcançado a Jesus por meio da sua bondade, caridade, honestidade, humildade, integridade. Não existe nenhuma virtude pela qual o homem pudesse por tê-la ser merecedor do sacrifício de Jesus. Só houve um motivo que está acima de tudo que levou ao próprio Jesus aceitar ser o ultimo Cordeiro Pascoal o último Sacrifício pelo Sangue para a nossa Salvação: "Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.” João 3:16.

Estamos vendo diariamente os apelos comerciais para o consumo de Ovos de Chocolates supostamente gerados por Coelhos um mamífero roedor e erroneamente associado a Pascoa. Os mais complacentes com as soluções encontradas pelos homens para supostamente manterem vivas lembranças em relação a Jesus poderão dizer que não passa de uma tradição inocente. Porém vejam que a origem desta “inocente tradição” de associar ovos e coelhos a imagem de Jesus e pior associa-los ao seu sacrifício como se a Ele estivesse prestando adoração é mais uma das muitas blasfémias criadas por homens.

A origem do ovo de páscoa

Na Páscoa, a celebração da morte e ressurreição de Cristo serve como um momento especial para que os cristãos reflitam sobre o significado da via e do sacrifício daquele que fundou uma das maiores religiões do mundo. Contudo, muitos não conseguem visualizar qual a relação existente entre essa celebração de caráter religioso com o hábito de se presentear as pessoas com ovos de chocolate.
Para responder a essa pergunta, precisamos voltar no tempo em que o próprio cristianismo estava longe de se tornar uma religião. Em várias antigas culturas espalhadas no Mediterrâneo, no Leste Europeu e no Oriente, observaram que o uso do ovo como presente era algo bastante comum. Em geral, esse tipo de manifestação acontecia quando os fenômenos naturais anunciavam a chegada da primavera.
Não por acaso, vários desses ovos eram pintados com algumas gravuras que tentavam representar algum tipo de planta ou elemento natural. Em outras situações, o enfeite desse ovo festivo era feito através do cozimento deste junto a alguma erva ou raiz impregnada de algum corante natural. Atravessando a Antiguidade, este costume ainda se manteve vivo entre as populações pagãs que habitavam a Europa durante a Idade Média.
Nesse período, muitos desses povos realizavam rituais de adoração para Ostera, à deusa da Primavera. Em suas representações mais comuns, observamos esta deusa pagã representada na figura de uma mulher que observava um coelho saltitante enquanto segurava um ovo nas mãos. Nesta imagem há a conjunção de três símbolos (a mulher, o ovo e o coelho) que reforçavam o ideal de fertilidade comemorado entre os pagãos.
A entrada destes símbolos para o conjunto de festividades cristãs aconteceu com a organização do Concilio de Niceia, em 325 d.C.. Neste período, os clérigos tinham a expressa preocupação de ampliar o seu número de fiéis por meio da adaptação de algumas antigas tradições e símbolos religiosos a outros eventos relacionados ao ideário cristão. A partir de então, observaríamos a pintura de vários ovos com imagens de Jesus Cristo e sua mãe, Maria.
No auge do período medieval, nobres e reis de condição mais abastada costumavam comemorar a Páscoa presenteando os seus com o uso de ovos feitos de ouro e cravejados de pedras preciosas. Até que chegássemos ao famoso (e bem mais acessível!) ovo de chocolate, foi necessário o desenvolvimento da culinária e, antes disso, a descoberta do continente americano.
Ao entrarem em contato com os maias e astecas, os espanhóis foram responsáveis pela divulgação desse alimento sagrado no Velho Mundo. Somente duzentos anos mais tarde, os culinaristas franceses tiveram a ideia de fabricar os primeiros ovos de chocolate da História. Depois disso, a energia desse calórico extrato retirado da semente do cacau também reforçou o ideal de renovação sistematicamente difundido nessa época.
Por Rainer Sousa
Graduado em História
Equipe Brasil Escola.

É clara a deturpação do que é de Deus e mais uma vez os interesses estão acima do sentido da verdadeira Pascoa. O que vemos é o que é explicado pelo historiador acima: Os homens tinham que criar um atrativo para angariar seguidores da sua religião e não da doutrina de Jesus Cristo como ele também se engana ao associar essa religião a Jesus.

Em nenhuma passagem dos Evangelhos de Jesus – O Novo Testamento nem com toda má vontade humana poderão encontrar uma menção sequer de que Jesus criou ou deixou orientação para que fosse criada uma religião. Jesus ensinava a doutrina de Deus para ser cumprida pela observância dos seus mandamentos, os quais qualquer pessoa pode seguir e vive-los. O que Jesus nos deixou foi a Igreja que inclusive nem física seria necessária ser.

Esta passagem: "Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela;" Mateus 16:18, é utilizada para justificar a criação da Igreja Católica e seu regime Papal. Irão se descabelar! Mais há mim pouco importa. Creio que quando Jesus afirmou isto a Pedro Ele falava exatamente ao contrario da ideia de que: sobre esta pedra. Quisesse dizer haver necessidade de uma construção física para estabelecer uma igreja e por fim chama-la de religião.

Nas cartas do Apostolo Paulo que foi o propagador da doutrina de Jesus para todos os povos não Judeus os Gentios, vemos o modelo de Igreja como uma vida em comunidade onde havia sim, lugares onde as pessoas se reuniam para orarem e adorar a Deus, este lugares podia ser uma casa, um estabulo, no campo ou onde estivessem: "Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles." Mateus 18 : 20. Vemos nas varias menção das suas cartas aos diversos seguidores de Jesus espalhados pela Ásia menor, Paulo exortar a unidade do compromisso entre as pessoas pelo único objetivo maior que é Jesus. "E todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum." Atos 2 : 44.

Em outra passagem quando Jesus fala em parábolas sobre o Plantador da Vinha ele relembra aos Fariseus sobre o que as Escrituras diziam: Vocês nunca leram esta passagem das Escrituras? “A pedra que os construtores rejeitaram tornou-se a pedra angular; isso vem do Senhor, e é algo maravilhoso para nós’ “. Marcos 12:10,11. Ora esta pedra não é outra se não Jesus! Que iria ser crucificado e morto por eles que o rejeitava.

Em todo Novo Testamento encontraremos 62 menções a palavra Pedra com variadas utilização. Mais em particular esta novamente faz menção a Jesus como a pedra que importa ser considerada: "Como está escrito: Eis que eu ponho em Sião uma pedra de tropeço, e uma rocha de escândalo; E todo aquele que crer nela não será confundido." Romanos 9:33.

Os teólogos com certeza me considerarão ignorante e sem conhecimento profundo das escrituras para respaldar o que afirmo. Contudo como já disse eu não escrevo neste blog nada que eu ou qualquer homem possa ter escrito ou dito sobre a palavra de Deus.

Eu vivo pela palavra de Deus e principalmente o Novo Testamento. Com já disse nem sequer faço um esboço do que irei escrever. Às vezes estou no trabalho, na mesa de uma lanchonete ou em um café no shopping e principalmente em casa e simplesmente acontece de ler um artigo alguns nem cristão, o devocional que recebo no e-mail etc. e o que faço é parar, orar e pedir ao Espirito Santo de Deus que me mostre o que, e como escrever o que quer que eu escreva. Loucura? Se eu não acreditar que possa ser usado pelo Espirito Santo assim como os 40 homens que escreveram as escrituras ao longo de quase 1600 anos e os inúmeros irmãos em Cristo que estão em algum lugar do mundo fazendo a mesma coisa! Não seria um Crente. "Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim também fará as obras que eu faço, e as fará maiores do que estas, porque eu vou para meu Pai." João 14 : 12.

Alinhado ao fato de que não desejo para mim o crédito daquilo que não seria capaz de por eu mesmo fazer, pois apenas espero que aconteça o que o Senhor disse: "Porque na mesma hora vos ensinará o Espírito Santo o que vos convenha falar." Lucas 12:12.

Voltando para o assunto Pascoa, mais próximo do dia estarei postando um artigo não de minha autoria mais com certeza muito inspirado pelo Espirito Santo que ajudará a compreenderem a real importância de Cristo nas nossas vidas.

Até lá procurem refletir sobre como poderá realmente demonstrar sua gratidão a Jesus e quando sentir aquela vontade de segui-lo. Lembrem-se! Foi Ele que te chamou para seus braços. Ele te amou primeiro.

Amém.

Vivo por Jesus

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Quem me convencerá ?

ia_ester4_14

E mandou parar o carro, e desceram ambos à água, tanto Filipe como o eunuco, e o batizou. E, quando saíram da água, o Espírito do Senhor arrebatou a Filipe, e não o viu mais o eunuco; e, jubiloso, continuou o seu caminho. Atos 8:38,39

Se as pessoas que condenam os Crentes por ir aos presídios, aos drogados e excluídos da sociedade para pregar a palavra  soubessem por que Jesus certa vez disse aos discípulos que não proibisse um homem que estava curando em seu nome apenas por não segui-lo e lessem inteiramente o capitulo deste versículo acima talvez entendessem.

Os versículos acima são parte do capitulo que descreve o encontro de Felipe um discípulo de Jesus e um homem estrangeiro da Etiópia e também eunuco. Leiam abaixo:

Um anjo do Senhor disse a Filipe: "Vá para o sul, para a estrada deserta que desce de Jerusalém a Gaza".

Ele se levantou e partiu. No caminho encontrou um eunuco etíope, um oficial importante, encarregado de todos os tesouros de Candace, rainha dos etíopes. Esse homem viera a Jerusalém para adorar a Deus e, de volta para casa, sentado em sua carruagem, lia o livro do profeta Isaías.

E o Espírito disse a Filipe: "Aproxime-se dessa carruagem e acompanhe-a".

Então Filipe correu para a carruagem, ouviu o homem lendo o profeta Isaías e lhe perguntou: "O senhor entende o que está lendo? "

Ele respondeu: “Como posso entender se alguém não me explicar”? “Assim, convidou Filipe para subir e sentar-se ao seu lado”.

O eunuco estava lendo esta passagem da Escritura: “Ele foi levado como ovelha para o matadouro, e como cordeiro mudo diante do tosquiador, ele não abriu a sua boca”.

Em sua humilhação foi privado de justiça. Quem pode falar dos seus descendentes? “Pois a sua vida foi tirada da terra”.

O eunuco perguntou a Filipe: "Diga-me, por favor: de quem o profeta está falando? De si próprio ou de outro?” Então Filipe, começando com aquela passagem da Escritura, anunciou-lhe as boas novas de Jesus.

Prosseguindo pela estrada, chegaram a um lugar onde havia água. O eunuco disse: "Olhe, aqui há água. Que me impede de ser batizado? "

Disse Filipe: "Você pode, se crê de todo o coração". O eunuco respondeu: "Creio que Jesus Cristo é o Filho de Deus".

Assim, deu ordem para parar a carruagem. Então Filipe e o eunuco desceram à água, e Filipe o batizou.

Quando saíram da água, o Espírito do Senhor arrebatou Filipe repentinamente. O eunuco não o viu mais e, cheio de alegria, seguiu o seu caminho. Atos 8:26-39.

Temos como crentes em Jesus muito que imitar desta passagem e quem ainda não é também pode tirar muitos aprendizados. Vejam que o eunuco apesar de ter no coração o desejo de adorar Deus opor isso ia a Jerusalém. Infelizmente hoje vemos muitas pessoas que são como aquele eunuco tem a necessidade de adorar a Deus, porém falta-lhes conhecimento de como verdadeiramente realizar a verdadeira adoração. Ao longo dos tempos vários pensamentos filosóficos foram sendo introduzido no seio da humanidade contaminando-a com falsos ensinamentos sobre Deus. A palavra de Deus, no entanto diz: "Porque os olhos do Senhor estão sobre os justos, E os seus ouvidos atentos às suas orações; Mas o rosto do Senhor é contra os que fazem o mal." I Pedro 3 : 12.

Deus nunca decepciona quem o busca de coração e a quem busca concede o entendimento da sua palavra. Lembro-me alguns dias após ter clamado a Deus sua misericórdia pela minha vida fui presenteado com uma Bíblia por uma pessoa que ele enviou a uma parada de ônibus com esta finalidade, ao chegar ao trabalho e desembrulhei o papel e ao depara-me com ela a primeira coisa que pensei foi: eu já tentei lê a bíblia e não entendi quase nada.

Mais o que eu não sabia, e muitos também não sabem que uma vez que a oração chega aos seus atentos ouvidos Ele iria providenciar tudo para que eu dessa vez não só entendesse o que iria ler como também iria como o eunuco perguntar-me: “que impede que eu seja batizado?”

Eu agora entendia o que estava lendo e quando mais entendia mais compreendia a razão de todos os meus infortúnios claramente percebia quanto tempo havia perdido cego pela ilusão do ter pelo orgulho de achar que sabia o que queria e o que era melhor para mim. “E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará”. João 8:32.

Passei a ter uma visão clara da forma como vivia minha vida sem saber e a importância da morte de Jesus! Acostumado com aquela imagem de um homem seminu ensanguentado pregado em uma cruz não podia imaginar que o Jesus da bíblia não é aquele. Ele ressuscitou! Ele está sentando a direita do Pai. "Quem é que condena? Pois é Cristo quem morreu, ou antes, quem ressuscitou dentre os mortos, o qual está à direita de Deus, e também intercede por nós." Romanos 8 : 34

Quanto tempo perdido! Crendo que eles estavam certos lhes dava ouvidos, porém a partir do momento que meus olhos foram abertos para a verdade da palavra não podia mais continuar iludido por homens e suas “estórias”, pois agora eu conhecia a sua majestade: "Porque não vos fizemos saber a virtude e a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo, seguindo fábulas artificialmente compostas; mas nós mesmos vimos a sua majestade." II Pedro 1 : 16

Não adianta ficar somente indo a algum lugar para adorar é necessário que conheça o verdadeiro motivo da adoração. Jesus ensinou que o lugar da adoração não teria nenhuma importância sem que o espirito esteja preparado: "Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade." João 4 : 24. Ainda hoje vemos as pessoas sendo levadas a adorarem um Deus que não conhece e que também não se preocupam em conhecer. Aprenderam a serem adoradores de conveniência criando datas especificas para suas especificas e interesseiras adoração não levando em conta o preço que foi pago pelos apóstolos para que as boas novas o Novo Testamento de Jesus chegassem até nós. Não fazem a mínima ideia do que seja a vontade de Deus "O Espírito de verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque habita convosco, e estará em vós." João 14:17

E ainda acusam quem busca e alcança o entendimento que eles desprezam pela falta de comprometimento com a verdadeira vontade do Senhor que certamente irá de contra as suas falsas ilusões. "Nós somos de Deus; aquele que conhece a Deus ouve-nos; aquele que não é de Deus não nos ouve. Nisto conhecemos nós o espírito da verdade e o espírito do erro." I João 4:6.

O principal fundamento da verdade é ser inquestionável e não ha quem resista as verdades proferidas por Jesus.

"Em verdade vos digo que qualquer que não receber o reino de Deus como menino, de maneira nenhuma entrará nele." Marcos 10 : 15

A maior dificuldade que vejo nas pessoas quando falo que o evangelho de Jesus é muito simples de ser compreendido é fazer com que elas deixem de lado todo o seu falso saber, as muitas teorias e conhecimentos alheios e abram seus corações para a suave voz do Espirito de Deus. Mas quando o Espírito da verdade vier, ele os guiará a toda a verdade. Não falará de si mesmo; falará apenas o que ouvir, e lhes anunciará o que está por vir. João 16:13.

Não fique pensando que esta dificuldade é tão somente natural ou fruto do seu desconhecimento da bíblia!

Isso é exatamente que o inimigo de Deus quer que você pense. Tem um filme que eu sinceramente não me recordo o nome agora com Denzel Washington que o seu personagem diz: “A maior artimanha do diabo foi fazer o mundo acreditar que ele não existe” e como ele faz com que isso aconteça? Fazendo com que você pense que é suficientemente inteligente para não acreditar nesta história de inferno, demônios, diabo isso é coisa de Crente! Não é assim que você pensa? Mais veja o que Jesus disse: O deus desta era cegou o entendimento dos descrentes, para que não vejam a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus. II Coríntios 4:4.

Percebem a astucia do inimigo? Ele pega a maioria das pessoas não pela sua possível inteligência, ele as convence é por sua grande Vaidade. Aquela vozinha que insiste em sussurrar no seu ouvido (assim parece) dizendo que você é uma pessoa coerente, intelectualmente capaz e não vai cair nessa conversa de crente! Será que nesta hora você realmente está sendo coerente usando sua capacidade intelectual,? ou não estará pensando: “que papo chato desse cara, depois que virou crente só fala neste negocio de Céu e inferno.” Estou mentindo? Ou não é exatamente assim que a maioria continua pensando? que para crente tudo é pecado?

Jesus já desafiava os que assim também pensava: "Quem dentre vós me convence de pecado? E se vos digo a verdade, por que não credes?" João 8 : 46. O que Jesus está dizendo é: já que você tem tanta convicção que não há ou não estão em pecado, me convença? Agora se não consegue. Por que não acreditam em mim? Parece muito simples? Mais Jesus era simples e direto, pois ele falava do que sabia e até mesmo que por inveja os seus adversários reconheciam: "E enviaram-lhe os seus discípulos, com os herodianos, dizendo: Mestre, bem sabemos que és verdadeiro, e ensinas o caminho de Deus segundo a verdade, e de ninguém se te dá, porque não olhas a aparência dos homens." Mateus 22:16 .

Não pense que haverá entre os que te leva a errar algum que seja capaz de livra-lo da morte e nem da escuridão eterna, eles estarão na fila também: "E todas as nações serão reunidas diante dele, e apartará uns dos outros, como o pastor aparta dos bodes as ovelhas;" Mateus 25 : 32

Deseje ardentemente ser uma ovelha do bom Pastor e só assim estará a salvo. "Porque eu sei isto que, depois da minha partida, entrarão no meio de vós lobos cruéis, que não pouparão ao rebanho;" Atos 20 : 29.

Creiam em Deus e em Jesus Cristo. "A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo." Romanos 10 : 9

Amém.

Vivo por Jesus

domingo, 17 de abril de 2011

Seja o próximo! Diga eis-me aqui.

 

ia_romanos8_32

"Depois disto ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem irá por nós? Então disse eu: Eis-me aqui, envia-me a mim" Isaías 6:8

O culto da igreja no domingo não é o principal alvo da nossa vida aqui na terra. Louvor dominical e pessoal é importante, mas é apenas uma parte da nossa missão. Estamos aqui para glorificar a Deus com os nossos lábios e as nossas vidas, com nossos corações e nossas obras. Mais de nada adiantará está na igreja no domingo se no resto da semana não somos capazes de viver uma vida cristã plena dentro da vontade do Senhor. Não podemos ser crentes invisíveis! Porém de nada adianta também alardear que se é crente e não ser capaz de viver como Cristo nos ensinou em relação aos nossos semelhantes.

O mundo ao nosso redor está envolvido nas armadilhas do inimigo, como ovelhas desgarradas estão caminhando direto para a perdição!!! Deus quer que ouçamos o Seu chamado e que O adoremos não somente na igreja, mas que saiamos para o mundo dando testemunho do que Cristo fez em nossas vidas!!!

Ao longo dos anos que tenho buscado a viver de acordo com o evangelho diariamente posso sentir que não conseguiria resistir às armadilhas do inimigo se não estivesse disposto a ouvir a voz do Senhor. Ouvira a voz do Senhor exige que em 1º lugar estejamos dispostos a esvaziarmos do nosso eu, do nosso orgulho, dos muitos questionamentos sobre o que pensamos saber ou achamos ser necessário. Assim poderemos sinceramente dizer a Deus: Eis-me aqui.

“Destruindo os conselhos, e toda a altivez que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo o entendimento à obediência de Cristo;” II Coríntios 10:5

Para que possa ouvir a Deus temos que estar dispostos a obedece-lo, pois de nada adiantará se ouvi-lo e ainda quiser argumentar: se Deus te diz para não revidar e você quer justificar-se com alegação do tipo: tem situação que não dá né Senhor? Afinal a quem pensa poder enganar? Ou que tipo de argumento pode ter diante de Deus? Portanto, não permitam que o pecado continue dominando os seus corpos mortais, fazendo que vocês obedeçam aos seus desejos. Romanos 6:12.

Jesus é o maior exemplo de obediência e através da sua obediência como homem Ele nos mostra que é possível aos homens viverem de maneira a serem dignos de Deus.

“Durante os seus dias de vida na terra, Jesus ofereceu orações e súplicas, em alta voz e com lágrimas, àquele que o podia salvar da morte, sendo ouvido por causa da sua reverente submissão”.

“Embora sendo Filho, ele aprendeu a obedecer por meio daquilo que sofreu; e, uma vez aperfeiçoado, tornou-se a fonte de eterna salvação para todos os que lhe obedecem” Hebreu 5:7-9.

Deveríamos nos envergonhar de tanto lamentarmos pelas nossas dificuldades cotidianas diante da grandeza de Jesus que foi obediente até a morte:

Seja a atitude de vocês a mesma de Cristo Jesus, que, embora sendo Deus, não considerou que o ser igual a Deus era algo a que devia apegar-se; mas esvaziou-se a si mesmo, vindo a ser servo, tornando-se semelhante aos homens.

E, sendo encontrado em forma humana, humilhou-se a si mesmo e foi obediente até à morte, e morte de cruz! Filipenses 25-8.

Que ainda assim é fonte e razão da nossa salvação apenas pela nossa obediência e não mais por sacrifícios: Mateus 9:13a.

Como podemos então viver como mendigos da fé? Preocupados com as coisas matérias, com que comeremos, vestiremos ou pelo futuro? Os que vivem assim e encontram respostas para estas necessidades no próprio mundo não passam por aflições? Medos? Ou não perecerão?

Seria para isso que iriamos aceitar ouvir a Deus? Para vivermos implorando que nada nos falte? Quando o Rei dos Reis, Alfa, o Ômega o que estava com Deus deste a criação morreu por mim e por você. Seria muito pouco para tanto sacrifício não acham? O que Deus nos reservou está além da nossa compreensão e das coisas terrenas e materiais.

Revelação de Jesus Cristo, a qual Deus lhe deu, para mostrar aos seus servos as coisas que brevemente devem acontecer; e pelo seu anjo as enviou, e as notificou a João seu servo; O qual testificou da palavra de Deus, e do testemunho de Jesus Cristo, e de tudo o que tem visto.

Bem-aventurado aquele que lê, e os que ouvem as palavras desta profecia, e guardam as coisas que nela estão escritas; porque o tempo está próximo.

João, às sete igrejas que estão na Ásia: Graça e a paz sejam convosco da parte daquele que é, e que era, e que há de vir, e da dos sete espíritos que estão diante do seu trono; E da parte de Jesus Cristo, que é a fiel testemunha, o primogênito dentre os mortos e o príncipe dos reis da terra. Aquele que nos amou, e em seu sangue nos lavou dos nossos pecados. E nos fez reis e sacerdotes para Deus e seu Pai; a ele glória e poder para todo o sempre. Amém.

Eis que vem com as nuvens, e todo o olho o verá, até os mesmos que o traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Sim. Amém.

Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim, diz o Senhor, que é, e que era, e que há de vir, o Todo-Poderoso. Apocalipse 1:1-8

Jesus é o nosso tudo! Sem Ele nada é possível, esta é a razão da nossa esperança "Segundo a minha intensa expectação e esperança, de que em nada serei confundido; antes, com toda a confiança, Cristo será, tanto agora como sempre, engrandecido no meu corpo, seja pela vida, seja pela morte." Filipenses 1:20.

Ninguém pode dizer que foram confundidos por Deus ao pensar que invocando a proteção de quem ou qualquer coisa que fosse estaria ouvindo-o.

Quando alguém for tentado, jamais deverá dizer: "Estou sendo tentado por Deus". Pois Deus não pode ser tentado pelo mal, e a ninguém tenta.

Cada um, porém, é tentado pela própria cobiça, sendo por esta arrastada e seduzido. Tiago 1:13,14.

Por diversas vezes já postei que Jesus nunca exigiu que lhe seguisse e Ele até hoje os convida: "Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo." Apocalipse 3 : 20.

Até hoje, no entanto o homem escolhe o que quer comer e de quem comer. Sendo portando o único responsável pela sua própria desgraça que é totalmente oposta a graça de Jesus. Graça = Favor imerecido, benefício não obtido por serviços, bondade recebida gratuitamente. O dom maravilhoso de DEUS, perdão dos pecados e capacidade de viver com dignidade no presente e com esperança para o futuro.

Estamos às vésperas da comemoração da Pascoa e a maioria das pessoas sequer saberia dizer o porquê desta comemoração e seu real significado. Iludidos pelas suas próprias concupiscências as pessoas lembraram-se de Coelhos, Ovos de Chocolates e mais um feriado prolongado. Ignorando a razão pela qual ainda não foram consumidos.

Ainda irei postar sobre o significado da Pascoa, o que estou querendo alertar é que este é o momento ideal para que busque conhecerem a razão o porquê de Jesus ter vindo a nós!

"Alimpai-vos, pois, do fermento velho, para que seja uma nova massa, assim como estais sem fermento. Porque Cristo, nossa páscoa, foi sacrificado por nós." I Coríntios 5:7.

Amém

Vivo por Jesus